sexta-feira, 22 de setembro de 2017

700 militares do Exército farão cerco na Rocinha ainda hoje

Polícia atuará no controle do trânsito e no tráfego aéreo sobre o morro


O ministro da Defesa, Raul Jungmann, informou, em entrevista no Paláico do Planalto, que 700 homens da Polícia do Exército participarão do cerco a criminosos na Rocinha, no Rio de Janeiro, agora no período da tarde.


O pedido para que o Exército participasse da operação foi feito pelo governador do Rio de Janeiro, Luiz Fernando Pezão.
A comunidade é alvo de operações diárias da Polícia Militar desde o último domingo (17), quando houve confrontos entre grupos criminosos rivais pelo controle de pontos de venda da comunidade. Hoje houve intenso tiroteio entre criminosos e policiais.

O comandante da 1ª Divisão do Exército, general Mauro Sinott, informou — após reunião com o secretário de segurança do estado do Rio de Janeiro, Roberto Sá — que as Forças Armadas ajudarão também no controle do trânsito das ruas do entorno e no tráfego aéreo sobre o morro da zona sul da cidade do Rio de Janeiro.

— [Vamos atuar] a fim de liberar os contingentes de polícia para ações mais específicas de polícia.

Tiroteio
Na manhã desta sexta-feira (22), houve um tiroteio intenso entre policiais e criminosos, que provocou o fechamento da Auto-Estrada Lagoa-Barra, que liga o bairro de São Conrado à Gávea. Cinco escolas e três unidades de educação infantil da prefeitura fecharam as portas, deixando quase 2.500 alunos sem aulas.

Fonte: R7 - José Lucena/ Futura Press/ Estadão Conteúdo

Tiroteio na Rocinha fecha Túnel Zuzu Angel no Rio

Tiroteio na Rocinha fecha Túnel Zuzu Angel e avenidas próximas


Uma intensa troca de tiros começou por volta das 9h30, na favela da Rocinha, zona sul do Rio. 

De acordo com as primeiras informações, criminosos estão realizando disparos da área de mata contra os policiais que realizam um cerco no local. Os tiros chegaram a atingir a Delegacia do Rocinha (11ª DP).

Por segurança, o trânsito no local foi bloqueado. Segundo o Centro de Operações, o Túnel Zuzu Angel está fechado nos dois sentidos, além da autoestrada Lagoa-Barra, que foi interditada no trecho entre a Praça Sibélius, na Gávea, até São Conrado.

Momentos antes do início dos confronto, um grupo ateou fogo em um ônibus na avenida Prefeito Mendes de Morais, em São Conrado, próximo a comunidade.

Desde o início da manhã, a Polícia Militar faz uma nova operação na comunidade. Este é o quinto dia consecutivo de incursões na comunidade. Tiros também foram ouvidos durante madrugada.

quinta-feira, 21 de setembro de 2017

Traficantes correm armados pelas ruas de Copacabana (RJ)

Imagens dos homens levando armamentos de uma comunidade à outra foram divulgadas.


Imagens dos homens levando armamentos de uma comunidade à outra foram divulgadas. O flagrante registrado deixou a população insegura e com medo de andar pelas ruas.