sexta-feira, 20 de janeiro de 2017

Suspeito confessa que Loalwa foi queimada viva

Policiais da 124 DP prenderam em flagrante os suspeitos WALLACE DE PAULA VIEIRA e GABRIEL FERREIRA DOS SANTOS e LUCAS SILVA LIMA pelo crime de latrocínio praticado contra LOALWA BRAZ VIEIRA.




Os policiais constataram que os indivíduos chegaram no final da noite de ontem a pousada AZUR, localizada na estrada da Barreira 3333, bairro Barreira no município de Saquarema. Os três indivíduos arrombaram a porta de entrada da pousada e imobilizaram a proprietaria LOALWA BRAZ VIEIRA, que tentou resistir entrando em luta com os criminosos.

Em seguida, os indivíduos começaram a agredir LOALWA com pauladas e golpes de faca até que a cantora desmaiou, sendo arrastada até seu veículo que estava estacionado no terreno da pousada.

Os indivíduos então subtraíram pertences, dinheiro e objetos do local e retiraram LOALWA desmaiada em seu veículo até uma rua próxima a pousada, quando o veículo apresentou pane.

Desta forma, os criminosos resolveram atear fogo ao veículo com a cantora ainda com vida, porém desmaiada no banco traseiro, posteriormente os criminosos retornaram à pousada e atearam foram no local para eliminar qualquer vestígio de identificação dos criminosos.

Na delegacia, os policiais interrogaram WALLACE DE PAULA VIEIRA que trabalhava como caseiro na pousada da vítima. WALLACE teria chegado a delegacia dizendo ter testemunhado quando os criminosos chegaram a pousada e efeturam o roubo e em seguida o sequestro de LOWALVA.

Ao verificar diversas contradições no depoimento do caseiro, os policiais suspeitaram da participação de WALLACE no crime. Diante das evidências, WALLACE confessou sua participação no crime. Em continuidade às investigações, WALLACE indicou vulgos e características dos demais autores.

Através do trabalho do setor de inteligência da delegacia foi identificado GABRIEL FERREIRA DOS SANTOS como sendo um dos demais indivíduos. Ao realizar buscas na região, os policiais da 124 DP localizaram GABRIEL, que foi capturado no Centro de Bacaxá. Com GABRIEL foram encontrados o telefone celular e o cartão bancário de LOALWA.

Posteriormente, os policiais conseguiram identificar o terceiro criminoso como sendo LUCAS SILVA DE LIMA, que já havia sido preso por tráfico de drogas.

Os agentes iniciaram busca na região de Bacaxá e localizaram LUCAS que não resistiu à prisão. Além disso, LUCAS levou os policiais até uma residência onde foram encontrados um tablatura, e pertences da vítima.

Os criminosos serão encaminhados para o Complexo Penitenciário de Bangu, onde aguardarão julgamento.

Fonte:124 DP/Saquarema

Nenhum comentário:

Postar um comentário